(38) 3213.8975 | ibmontesinai@ibmontesinai.org.br | Fale conosco

Tiago 5:13-20

jan 07, 2018 Comunicação Devocionais Nenhum comentário
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Outro dia me lembrei de um livro que li em que o autor citava Agostinho (e isso aconteceu enquanto conversava com um amigo). Meu amigo questionou: se Deus é soberano e sabe todas as coisas por que devo orar? Lembrei-me de Agostinho, pois, o mesmo afirma que nada acontece neste universo à parte da vontade de Deus.(1) Aqui é possível trazer a soberania de Deus para os holofotes. Seria loucura usar tal afirmação para tentar culpar Deus e tentar isentar a raça humana de sua responsabilidade, e esta não é a intenção. Vale atentar para a soberania de Deus, que ordena em Sua palavra para que oremos (Fp.4-6,7).

A oração para aquele que deseja ter comunhão com o criador não é uma opção ou sugestão é um requisito ou exigência, ainda que se tenha uma NÃO como resposta para a realização de algo que se almeja. Isso não será o fator preponderante, baseado em um simples pensamento lógico. Deus é soberano e nos ordena que oremos. Isso por si só já é razão mais do que suficiente para orarmos, e por graça e infinita misericórdia dEle é que alcançamos favores e nossas orações produzem efeitos.

A bíblia constantemente nos mostra que a oração é um instrumento que produz resultados. Mas há de se lembrar que a oração deve ser para glória de Deus (tudo deve redundar em glória para Deus) e posteriormente para favorecimento humano. A oração é uma conversa pessoal com Deus (desenvolvimento de relacionamento), Ele sabe até o que vamos dizer e ainda assim quer que compartilhemos os nossos sentimentos, anseios, frustrações, alegrias desejos, sonhos…o Senhor deseja que apresentemos nossas vidas e pedidos diante dEle e desta forma o nosso conhecimento sobre Ele vai se aprofundando, afinal oração é dialogo onde Deus fala comigo e eu falo com Ele com liberdade para rasgar o coração.

A bíblia nos afirma que Deus realizou acontecimentos desde a eternidade e essas coisas vão ocorrer inevitavelmente, um exemplo pra isso é a volta de Cristo, podem todos os cristãos da face da terra podem orar para que Cristo não volte e mesmo assim Ele voltará, pois, isto é o decreto divino, o plano de Deus para levar a Sua igreja (2). Porém existem situações que são mudadas e isso não significa dizer que Deus esteja mudando quando as circunstâncias mudam, um exemplo claro é quando olhamos o texto de Jonas 3:10 (arrependeu) a palavra ali do Hebraico (naham: quando o arrependimento é atribuído a Deus, quer na direção do julgamento ou da misericórdia) (3) significa confortado (4), desta forma a oração transformou os acontecimentos, pois, Deus foi confortado e a cidade de Nínive soube pedir bem.

Só no trecho motivador que lemos em Tiago 5:13-20 faz menção de 7 vezes da palavra oração. Que em 2018 tenhamos a oração como estilo de vida em todas as circunstâncias que nos cercam.

1 Sproul, Robert Charles. Oração muda as coisas. São José dos Campos-SP: Editora fiel,2012. Ministério Fiel ebooks, 2012.PDF. 6 de Julho 2013.
2 Wieske, Kenneth. A reforma hoje e a eclesiologia. Recife: Editora os Puritanos, 2012. livros.gospelmais.com.br, 2012.PDF. 10 de Março 2014. (Conceito de igreja invisível)
3 DOUGLAS, J.D. O novo dicionário da bíblia, edição revisada. Editora Nova Vida.
4 STRONG, James. Dicionário Bíblico Strong: léxico hebraico, aramaico e grego de Strong. Barueri- SP: Sociedade Bíblica do Brasil, 2002.

Daniel Batista,
Teologo
Igreja Batista Monte Sinai

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.