(38) 9 8846.1966 | [email protected] | Fale conosco

Os utensílios do templo

abr 05, 2020 Isabella Nascimento Devocionais Nenhum comentário
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

“Não sabeis vós que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” 1Coríntios 3:16

Quando Deus falou a Davi que seu filho Salomão construiria um templo para que Ele habitasse, uma grande preparação foi iniciada. O rei Davi separou grupos de trabalhadores, doou de seus tesouros particulares, o ouro, a prata, e Salomão ao ser consagrado rei sobre Israel, logo planejou cobrir o templo do Senhor com madeira de cipreste, ouro fino, pedras preciosas, e tudo de mais fino e exuberante que existia. Naquele tempo, o povo de Deus possuía um relacionamento indireto com o Senhor, por intermédio dos sacerdotes, por isso, o templo era um grande símbolo da glória e da majestade do Senhor dos Exércitos do povo de Israel, o lugar onde eram sacrificados os animais para o perdão dos pecados do povo, para santificação dos escolhidos, onde era exaltado o nome do Senhor e onde a presença de Deus estava.

Todavia, após o sacrifício de Jesus Cristo, o grande véu de azul, púrpura, carmesim e linho fino foi rasgado. O véu de dezoito metros de altura por nove metros de largura foi rompido e o relacionamento dos filhos de Deus se tornou direto por intermédio de Cristo. Daquele momento em diante, nós nos tornamos o santo Templo.

Mas por que Deus iria trocar toda a riqueza dos templos do povo de Israel pelo nosso coração sujo e nem um pouco perto de estar revestido do ouro mais fino, do bronze e da madeira de cipreste?

Porque agora o adorno que nos é exigido são características advindas pelo Espírito Santo que não habita mais em tendas ou templos, mas em nosso coração.

O altar de sacrifícios foi substituído pela cruz; os incensários foram substituídos por corações puros que elevam adoração ao Céu; o tanque de fundição para os sacerdotes se lavarem do sangue do sacrifício foi substituído pela oração de arrependimento; os átrios dos sacerdotes foram multiplicados para todos os lugares onde um servo estiver reunido em nome de Jesus; porém esses e todos os outros muitos utensílios não são mais revestidos de ouro ou bronze. No lugar das preciosidades materiais, temos o amor; a alegria; a paz; a longanimidade; a benignidade; a bondade; a fidelidade; a mansidão e o domínio próprio.

O templo do Senhor, que somos nós, aqueles que recebemos o Espírito Santo ao entregar nossas vidas a Jesus, ainda possui grandes utensílios, ainda possui grandes adornos que expressam a grandiosidade e o caráter do Deus que servimos. Entretanto, não compramos os utensílios do templo com dinheiro e riquezas, mas os conquistamos através da busca constante e diária pela santidade, em busca de viver no centro da vontade de Deus, em um relacionamento direto, sem véu que separe.

“Oro para que, segundo as riquezas da sua glória, vos conceda que sejais fortalecidos, com poder pelo Espírito no homem interior, para que Cristo habite pela fé no vosso coração. E oro para que, estando arraigados e fundados em amor, possais perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja  a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade, e conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejais cheios de toda plenitude de Deus.”

Efésios 3:16-19

 

Isabella Nascimento
Igreja Batista Monte Sinai

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.